CPI do BNDES apresenta relatório final

A CPI do BNDES foi prorrogada por uma semana, até o dia 25 de fevereiro, para que o relatório final seja votado

17/02/2016 às 16:00:00 | 217 visualizações

O relatório final da CPI do BNDES, apresentado pelo deputado José Rocha (PR-BA), na última terça-feira (16), tem 251 páginas e propõe mudanças legislativas e na gestão do banco, como prioridade no financiamento de pesquisas tecnológicas por micro e pequenas empresas, bem como o veto a empréstimos a empresas que tiveram consultoria de políticos ou parentes de dirigentes do banco (veja informações abaixo).

O relatório não pede indiciamentos, mas sugere alterações na política do banco de modo a dar mais transparência às operações. Uma das sugestões é permitir que o Tribunal de Contas da União (TCU) e a Controladoria Geral da União (CGU) tenham acesso a informações bancárias hoje protegidas por sigilo.

Prorrogação

O deputado Beto Salame (Pros-PA) participa dos trabalhos do colegiado como membro titular. A CPI do BNDES foi prorrogada por uma semana, até o dia 25 de fevereiro, para que o relatório final seja votado.

Redação PROS na Câmara

Sem tags