Hugo Leal defende que o trânsito seja considerado tema de primeira grandeza

Para o parlamentar, que participou do seminário “Urbanidade, por uma mobilidade segura”, falta uma política pública para discutir o assunto no País.

04/11/2015 às 12:36:00 | 225 visualizações

O deputado Hugo Leal (PROS-RJ) destacou, durante o seminário “Urbanidade, por uma mobilidade segura”, realizado em Brasília nessa terça-feira (3), que falta uma política pública de Estado para tratar do tema trânsito no Brasil. “O trânsito é um tema transversal, e no Brasil está ‘transversado’ em nossas gargantas. Ainda não é tratado como tema de primeira grandeza, falta uma coordenação maior. Apesar de saber o que precisa ser feito, a gestão atual é de quarto escalão”, afirmou.

O evento discutiu os cinco eixos definidos pela Organização das Nações Unidas para redução dos acidentes e mortes nas vias e rodovias: fiscalização, infraestrutura, segurança veicular, saúde e educação. Em seus painéis, o seminário apresentou a situação atual do País e as boas práticas que estão sendo realizadas, além de abordar ações capazes de reduzir a violência nas vias.

De acordo com o Hugo Leal, que preside a Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro, a grande expectativa é que com a realização da 2ª Conferência Global de Alto Nível em Segurança Viária, nos dias 18 e 19 de novembro em Brasília, a coisa mude de figura. “Espero que ao final do evento uma ação efetiva para a redução de acidentes seja tomada, elevando o trânsito a uma categoria primária. Salvar vidas é o mais importante”, defendeu.

O encontro foi uma realização do Observatório Nacional de Segurança Viária com Grupo Diário Associados, em parceria com a Frente Parlamentar por um Trânsito mais Seguro e a Seguradora Líder DPVAT.

Com informações da assessoria do deputado Hugo Leal. 

 

Redação PROS na Câmara

Sem tags