Dr. Jorge Silva pede pressa para resolver subfinanciamento da Saúde

Para o deputado, caberá ao Legislativo encontrar uma solução eficaz, rápida e objetiva para o Sistema Único de Saúde.

04/09/2015 às 11:40:00 | 185 visualizações

Em reunião da comissão especial que analisa a PEC 1/15, na quinta-feira (3), o deputado Dr. Jorge Silva (PROS-RS) defendeu pressa do Parlamento para encontrar uma solução eficaz para o problema do subfinanciamento do Sistema Único de Saúde (SUS). “Se o caminho para resolver a questão está no Legislativo, temos que ser muito objetivos. A saúde está na UTI, e não dá mais para dar remédio de baixar febre, o diagnóstico é muito grave. Se não tivermos pressa, esse paciente vai sucumbir”. A PEC 1/15 eleva o piso federal com ações e serviços públicos de saúde dos atuais 15% sobre a receita corrente líquida (RCL) para 18,7%. O aumento será escalonado em cinco anos.

Na avaliação do Dr. Jorge Silva, o Executivo tem dado sinais de que trabalha contra a Saúde. “A decisão de usar o orçamento impositivo dos parlamentares para reduzir o repasse da União para o setor evidencia isso”, afirmou. Ele citou também a Emenda 29, aprovada em 2000 e regulamentada em 2012, que aumentaria os percentuais mínimos para o repasse ao setor por União, estados e municípios, “que também não resolveu o problema”.

Redação PROS na Câmara

Sem tags