Crimes virtuais contra crianças e adolescentes será tema de debate em Natal

O requerimento, proposto pelo deputado Rafael Motta, foi aprovado, nesta terça-feira, na CPI dos Crimes Cibernéticos.

25/08/2015 às 17:52:00 | 161 visualizações

A CPI dos Crimes Cibernéticos aprovou, nesta terça-feira (25), requerimento do deputado Rafael Motta (PROS-RN), que solicita a realização de audiência pública para tratar dos crimes virtuais praticados contra crianças e adolescentes, em Natal, no início do mês de outubro. Segundo o parlamentar, o estado tem tido casos recorrentes de pedofilia.  “Em maio deste ano a operação Araceli, deflagrada pela Polícia Federal, identificou a presença de uma rede de compartilhamento de pornografia infantil no Rio Grande do Norte. Em 2014, uma investigação da Polícia Civil apontou a possibilidade de envolvimento de padres e monges em rede similar”, afirmou Motta.

O deputado informou que o Governo do estado extinguiu há dois anos o Núcleo de Investigação dos Crimes de Alta Tecnologia (Nicat), responsável pelo esclarecimento dos crimes cibernéticos. “Um retrocesso que colocou o Rio Grande do Norte em situação ainda mais vulnerável dentro do contexto nacional, outra razão pela qual solicito a realização deste debate”, explicou.

Serão convidados para a audiência:

1. Superintendente Regional da Polícia Federal no Rio Grande do Norte, Kandy Takahashi;

2. Secretária de Estado da Segurança Pública do Rio Grande do Norte, Kalina Leite;

3. Delegado da Polícia Federal no Rio Grande do Norte, Rubens Alexandre de França;

4. Delegado da Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Norte, Wellington Guedes;

5. Diretora Executiva do Instituto Brasileiro de Estudos, Pesquisas e Formação para a Inovação Social (Ibepis), Dilma Felizardo. 

Redação PROS na Câmara

Sem tags