Grupo de Trabalho discutirá efeitos da Operação Lava Jato na economia e no índice de emprego

O requerimento, de autoria do deputado Valtenir Pereira, foi aprovado, nesta quarta-feira, na Comissão de Fiscalização Financeira.

24/06/2015 às 15:44:00 | 276 visualizações

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle aprovou, nesta quarta-feira (24), requerimento do deputado Valtenir Pereira (PROS-MT), que propõe a constituição de um grupo de trabalho para discutir alternativas aos impactos negativos da “Operação Lava Jato” na atividade econômica nacional, no índice de emprego do País e os riscos de esmagamento das maiores empresas nacionais de engenharia.

O grupo será integrado por membros do governo federal, presidentes de empresas estatais, prefeitos, representantes dos trabalhadores e do empresariado, além das entidades não governamentais.  “O Parlamento deve ser o protagonista no enfrentamento e na solução de problemas de tamanha gravidade”, explicou o parlamentar.

A proposta prevê que a equipe de trabalho funcione em conjunto com a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio e com a Comissão de Minas e Energia. Para Valtenir, é preciso que exista um esforço dos diversos segmentos responsáveis pelo sucesso dos empreendimentos da Petrobras, a fim de manter bilhões de investimentos em infraestrutura econômica e preservar os postos de trabalho no País.

Segundo informou o deputado, as investigações da “Operação Lava Jato” resultaram, até o momento, na suspensão formal da contratação pela Petrobras de 25 empresas no Brasil. No universo destas 25 empresas, há 13 construtoras envolvidas nas mais importantes obras de infraestrutura econômica e em grandes empreendimentos do setor de petróleo e gás. “É preciso encontrar soluções urgentes e imediatas para destravar o crédito e permitir que as empresas resgatem sua capacidade de investimento”, afirmou Valtenir.

Redação PROS na Câmara

Sem tags