CPI da Violência Contra Jovens Negros e Pobres realiza audiência no Espírito Santo

O deputado Dr. Jorge Silva, um dos requerentes do debate, acredita que é preciso realizar uma investigação minuciosa no estado.

27/05/2015 às 16:12:00 | 186 visualizações

Na próxima segunda-feira, 1° de junho, a CPI da Violência Contra Jovens Negros e Pobres da Câmara dos Deputados realiza audiência pública na Assembleia Legislativa do Espírito Santo a fim de discutir o assunto. Para o deputado Dr. Jorge Silva (PROS-ES), integrante da comissão e um dos requerentes do debate, o estado apresenta um quadro negativo na violência contra jovens. “Em 2010, 58,8% dos óbitos da população jovem foram por homicídio, enquanto a média nacional foi de 39,3%. O Espírito Santo é o segundo pior estado nos casos de violência contra a população negra e a população jovem”, afirmou.

A CPI é destinada a apurar as causas, razões e consequências, custos sociais, e econômicos da violência, morte e desaparecimento desses jovens. “Nossa proposta é que essa CPI realize uma investigação minuciosa no Espírito Santo. É preciso colocar em evidência as razões que levam a tamanha incidência de violência contra esse grupo da população, até por ser excelente oportunidade para investigar o problema no âmbito nacional”, explicou Dr. Jorge.

Segundo dados da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, o homicídio é a principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos, em sua maioria, negro e moradores de periferias.

A audiência acontece de 09h às 13h, na Assembleia Legislativa do Espírito Santo, Auditório I. A realização da audiência foi um pedido dos deputados federais Dr. Jorge Silva (PROS) e Evair Melo (PV).

Com informações da assessoria do deputado Dr. Jorge Silva.

 

Redação PROS na Câmara

Sem tags