Frente Parlamentar pela Qualidade da Hotelaria Brasileira será lançada amanhã

Para o líder do PROS, Domingos Neto, que será segundo-secretário da frente, investir no setor hoteleiro é potencializar a vocação turística do Brasil.

14/04/2015 às 16:18:00 | 121 visualizações

O setor de hotelaria brasileira se reúne nesta quarta-feira (15), em café da manhã na Câmara dos Deputados, para o lançamento da Frente Parlamentar pela Qualidade da Hotelaria Brasileira. O evento contará com a presença do ministro do Turismo, Vinicius Lage. O líder do PROS, deputado Domingos Neto (PROS-CE), compõe o corpo diretivo da frente na função de segundo-secretário. A frente tem como objetivo acompanhar e apoiar políticas, ações e projetos que permitam a defesa dos interesses tanto dos empresários do segmento de hotéis como dos usuários do sistema hoteleiro no Brasil, área fundamental para o desenvolvimento do turismo e da economia.

Ex-secretário Extraordinário da Copa em Fortaleza, Domingos Neto afirma que investir no setor hoteleiro, com políticas de capacitação e programas de qualidade, é potencializar a vocação turística do Brasil. O parlamentar lembra que durante a Copa do Mundo o número de turistas que visitaram o Brasil superou as melhores expectativas, inclusive as do Governo, que esperava 600 mil estrangeiros. Apenas em junho, quando foi disputada a fase de grupos do Mundial, o Brasil recebeu 692 mil visitantes estrangeiros de 203 nacionalidades, segundo números da Polícia Federal.

Levantamento realizado pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), revelou ainda que os turistas permaneceram em média 13 dias no País e estiveram em 491 municípios brasileiros, incluindo as cidades-sede. “O número de visitantes estrangeiros, somente no mês de junho de 2014, superou o total dos visitantes que foram ao Mundial da África do Sul em 2010, o que evidencia nosso potencial turístico”, ressalta Domingos Neto.

Presidente da Frente, que tem caráter suprapartidário, o deputado César Halum (PRB-TO) afirma que “os meios de hospedagem têm um papel importante na geração de empregos, movimentam a economia de estados e municípios e acabam sendo pequenos agentes de desenvolvimento econômico e social”. Somadas às atividades diretas, indiretas e induzidas, o turismo movimentou R$ 492 bilhões no Brasil em 2014, segundo dados do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC). Esse valor representa 9,6% do nosso Produto Interno Bruto.

Confirmaram presença no lançamento da frente o presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, Alexandre Sampaio; o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, Enrico Fermi Torquato Fontes; a diretora-executiva do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil, Flavia Matos; o diretor-executivo Resorts Brasil, João Bueno; o presidente do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas, Alain Baldacci; entre outros operadores do segmento hoteleiro.

Redação PROS na Câmara

Sem tags