É preciso avançar no investimento destinado à saúde, afirma Dr. Jorge Silva

Para o parlamentar, aumentar o recurso financeiro para a área é um dos grandes desafios do novo mandato.

09/04/2015 às 18:47:00 | 166 visualizações

Em discurso no Plenário, nesta quinta-feira (9), o deputado Dr. Jorge Silva (PROS-ES) ressaltou a necessidade de grandes investimentos na saúde do País. Para ele, os poucos recursos destinados à área atualmente não viabilizam o oferecimento de um serviço de qualidade para a população. “Temos também a consciência da necessidade da melhoria da gestão, fato este que só avançaremos à medida que houver maior investimento na qualificação dos nossos gestores, e também na fiscalização do uso correto dos recursos existentes”, explicou.  

 Na avaliação do Dr. Jorge Silva é preciso que exista um comprometimento dos governos com a escolha de agentes com perfil adequado às exigências do Sistema Único de Saúde (SUS). Para ele, deve ser exigido desses gestores um profundo conhecimento das técnicas de gestão, além de envolvimento com as políticas de saúde. “Eles devem ser capazes de incentivar e envolver todos os profissionais a assumirem compromissos com os usuários do sistema, para que seja possível melhorar o nível de saúde e a qualidade de vida das pessoas”, afirmou.  

 Na última pesquisa Datafolha, informou o parlamentar, a saúde apareceu como o problema mais importante para 26% dos entrevistados. Segundo ele, em todo o País é possível ouvir reclamações sobre as longas filas de espera por atendimento médico nos prontos-socorros, as dificuldades para se obter uma consulta com um médico especialista, a precariedade das estruturas hospitalares e ambulatoriais e a falta de remédios e exames de média e alta complexidade.

 O momento de crise econômica que o Brasil passa, lembrou Dr. Jorge Silva, dificulta os avanços nos investimentos na saúde. Para conseguir algum progresso, é preciso articular soluções para os principais problemas encontrados na área. “Assim, precisamos estabelecer algumas prioridades, como a finalização da obra do Hospital São Lucas, a manutenção do cofinanciamento da atenção básica, o avanço na regionalização da saúde no estado e a construção de um hospital de urgência e emergência na cidade de Cariacica (ES). Com certeza, aumentar o recurso financiero para a área é um dos grandes desafios deste meu novo mandato".

 Investimentos 
O deputado informou que foi repassado cerca de R$ 1 milhão de reais para o Hospital Maternidade São Mateus (ES) para a compra de equipamentos “melhorando assim a infraestrutura e permitindo um atendimento de qualidade”. Este ano, acrescentou, serão repassados R$ 500 mil para uso em custeio. Além disso, o parlamentar afirmou que está articulando com o Governo Federal e a Secretaria de Estado da Saúde, um repasse de 2,5 milhões para reforma e ampliação do hospital.

Dr. Jorge Silva anunciou também que este ano a região norte do estado vai receber um hospital privado, o que irá contribuir para a organização do sistema de saúde regional. Para ele, a unidade vai chegar em um bom momento, atendendo a uma lacuna que já existia e transformará a região em um grande polo de atenção à saúde. 

Outra luta é pela construção do hospital materno infantil regional. O projeto é fruto de um seminário regional de saúde realizado em 2011 com os gestores de saúde da época e atende uma demanda da população. “É importante ressaltar que a unidade hospitalar beneficiará não apenas a cidade de São Mateus, mas também vários municípios vizinhos, proporcionando uma cobertura especializada para as mulheres daquela região, com melhoria do atendimento durante a gravidez, o parto e o pós-parto e também ao recém-nascido e às crianças de até dois anos de idade”, ressaltou.

O parlamentar afirmou que já está com o Termo de Referência pronto para que o projeto básico seja elaborado e a proposta siga para a licitação. “Mas até que toda a estrutura esteja erguida e em funcionamento, vou continuar minha luta pelas salas de autoridades do Executivo e intensificar, nesta Casa, minhas cobranças para que o hospital se torne uma realidade”. 

 

Redação PROS na Câmara

Sem tags