Rafael Motta repercute onda de rebeliões em presídios do RN

O deputado afirmou, em Plenário, que “não se pode aceitar que os presos comandem a desorganização do estado. O governo está cedendo às reivindicações dos bandidos”.

17/03/2015 às 17:27:00 | 309 visualizações

Vice-líder do PROS, o deputado Rafael Motta (RN) repercutiu há pouco em Plenário a onda de rebeliões que têm ocorrido em diversos presídios do Rio Grande do Norte. Segundo avaliou, o estado vive um caos no sistema de segurança pública. “De dentro das cadeias públicas, os bandidos estão comandando incêndios a ônibus e fazendo ataques terroristas. Nas prisões, eles filmam e divulgam a destruição das grades e da infraestrutura, além de fazerem exigências”, relatou.

O deputado informou que o estado tem cerca de 7,7 mil detentos, e um déficit de cerca de 3,5 mil vagas. Em sua avaliação, o governo estadual está desorientado. “Não se pode aceitar que os presos comandem a desorganização do estado. O governo está cedendo às reivindicações dos bandidos. Isso é sinal de que está sem norte”, avaliou, ao informar que cerca de 200 homens da Força Nacional ajudarão o estado a garantir a segurança pública. A onda de rebeliões que acontece no sistema penitenciário potiguar começou na semana passada e já alcança 11 unidades prisionais em todo o estado.

Redação PROS na Câmara

Sem tags