Saúde de qualidade não é possível com subfinanciamento, afirma Dr. Jorge Silva

O deputado integra, em 2015, duas comissões permanentes: a de Seguridade Social e Família; e a de Defesa das Pessoas com Deficiência.

04/03/2015 às 20:24:00 | 257 visualizações

Titular de duas comissões permanentes – Seguridade Social e Família (CSSF); Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (CPD) – o deputado Dr. Jorge Silva (PROS-ES) destacou a importância do Legislativo no fortalecimento do setor de saúde. O parlamentar, que integra a CSSF pelo quinto ano seguido, citou a última pesquisa do Instituto Datafolha apontando que 26% da população considera a saúde a questão mais importante em suas vidas. “Mesmo com toda a evidência da questão da Petrobras, a saúde segue mais importante para uma parcela relevante da população”, comparou.

Para Dr. Jorge Silva, o maior desafio atualmente é acabar com o subfinanciamento do setor. “Os economistas falam que não existe almoço grátis. Eu digo que não existe saúde pública de qualidade com pouco recurso. Os entes federados, municípios, estados e União têm que entender que não é possível manter a qualidade do setor com subfinanciamento”, avaliou.

Em relação à comissão recém-criada, de defesa das pessoas com deficiência, o deputado avaliou que o colegiado terá o grande desafio de dar voz àqueles que até pouco tempo atrás eram excluídos da sociedade. “As pessoas com deficiência saíram de casa, estão conquistando seu espaço e nós, na comissão, realizaremos um trabalho extremamente interessante para dar voz e vez às demandas dessa parcela da população”, afirmou.

Redação PROS na Câmara

Sem tags