PROS será favorável ao Orçamento Impositivo e liberará bancada sobre destaque ao PL da biodiversidade

Segundo o vice-líder do partido, deputado Beto Salame, os deputados serão liberados para votar o destaque ao PL da Biodiversidade que trata dos órgão fiscalizadores.

10/02/2015 às 17:32:00 | 194 visualizações

Em reunião de bancada encerrada há pouco, os deputados do PROS discutiram as matérias que serão apreciadas em Plenário nesta semana e alinharam o posicionamento do partido em relação às proposições em pauta. Conforme explicou o vice-líder deputado Beto Salame (PA), a ideia é fazer um trabalho de unificação da bancada em relação a todas as matérias. Quanto ao Orçamento Impositivo (PEC 358/13), explicou Beto Salame, a orientação será a de aprovar o texto que veio do Senado - que estabelece como obrigatória a execução das emendas individuais ao orçamento até o limite de 1,2% da receita corrente líquida (RCL) da União realizada no ano anterior. No caso do projeto da biodiversidade (PL 7735/14), a bancada será liberada para que os parlamentares votem de acordo com os interesses de seus estados especificamente no destaque que diz respeito aos órgãos fiscalizadores. O texto-base dessa proposição foi aprovado na noite desta segunda-feira (9), no entanto faltam as análises dos destaques. “Quanto à votação do projeto dos caminhoneiros (PL 4246/12), o partido também votará unificado”, informou o deputado.

O deputado Antonio Balhmann (CE) defendeu a liberação da bancada no caso do projeto que trata dos produtos derivados da biodiversidade. Ele lembrou que o relator da matéria optou por uma visão mais empresarial, mas que partidos mais voltados à questão ambiental têm foco nos interesses das comunidades locais. “Nesse caso, é realmente o caso de liberar a votação”, avaliou.

Redação PROS na Câmara

Sem tags