Projeto obriga SUS a fornecer remédios para tratamento da próstata

Para o autor da proposta, deputado Hugo Leal, nem todos os medicamentos são acessíveis à população mais pobre.

04/11/2014 às 12:00:00 | 185 visualizações

A Câmara analisa o Projeto de Lei 665/11, do deputado Hugo Leal (PROS-RJ), que obriga o Sistema Único de Saúde (SUS) a oferecer gratuitamente remédios para tratamento de câncer de próstata e hiperplasia benigna da próstata (HBP).

Hugo Leal argumenta que hoje há tratamentos que reduzem o sofrimento de pacientes acometidos por esses males, mas que nem sempre são acessíveis à população mais pobre.

O parlamentar diz ainda que a interrupção do tratamento na fase inicial, por falta de recursos do paciente, pode gerar custos mais elevados para o poder público, com internações e cirurgias. “Por tais razões, torna-se urgente adotar legislação específica para a dispensação gratuita de medicamentos aos portadores dessas doenças”, afirma.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e está em análise na Comissão de Seguridade Social e Família. Depois, segue para as comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Se aprovado nas comissões técnicas, segue direto para o Senado.

Com informações da Agência Câmara de Notícias.

Redação PROS na Câmara

Sem tags