Dr.Jorge Silva homenageia médicos

Em celebração ao Dia do Médico, o parlamentar falou sobre as dificuldades enfrentadas pelos profissionais da área.

17/10/2014 às 12:00:00 | 211 visualizações

Em comemoração ao Dia do Médico (18/10), Dr. Jorge Silva (PROS-ES) destacou, em Plenário, os principais desafios enfrentados na área da saúde e ressaltou a especialização dos profissionais como um dos grandes pontos positivos para o País. “Verificamos, com frequência, muitos hospitais em situação de precariedade, tanto pela ausência de recursos materiais quanto pelo uso inadequado. Em contrapartida, temos profissionais cada vez mais bem informados”, disse.  

Dr.Jorge Silva é médico e afirma que as dificuldades enfrentadas nos corredores dos hospitais e a falta de recursos afetam diretamente à população, que não consegue ser atendida com qualidade nos hospitais públicos. Segundo o parlamentar, a ausência de macas é um dos sérios problemas enfrentado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Emergência (SAMU). “Com macas retidas em hospitais pela insuficiência de leitos, as unidades de socorro são acionadas, mas não conseguem prestar atendimento. E quando conseguem, a chegada tardia do serviço acarreta prejuízos irreparáveis aos pacientes”, informou.

Apesar dos problemas, Dr.Jorge Silva aponta a qualidade dos profissionais como um grande diferencial. “Hoje contamos com médicos atualizados e plenamente conscientes de que os avanços tecnológicos são fundamentais para o bem-estar da população, vários campos da medicina passam por mudanças e a sociedade ganha com isso”, afirmou. Segundo ele, na área de medicamentos é possível encontrar diversas pesquisas bioquímicas, responsáveis pelo surgimento de remédios eficientes no enfrentamento de doenças complexas.

Propostas
Duas iniciativas legislativas de autoria do Dr.Jorge Silva em relação à área de saúde aguardam resposta: o envio de indicação ao Poder Executivo sugerindo a criação de serviços de atenção à saúde do homem no Sistema Único de Saúde (INC 6110/14) e a sugestão dirigida ao Ministério da Saúde para promover o atendimento multidisciplinar em relação aos pacientes portadores de hepatites virais crônicas (INC 6243/14). “Todas essas ações evidenciam minha preocupação com o setor”, ressaltou. 

Redação PROS na Câmara

Sem tags