Dudimar Paxiuba quer adotar medidas contrárias ao aumento de energia no Pará

Segundo ele, o reajuste vai sobrecarregar os consumidores residenciais e elevará a taxa de inadimplência no estado.

09/10/2014 às 12:00:00 | 279 visualizações

O deputado Dudimar Paxiuba (PROS-PA) afirmou em Plenário, nessa quarta-feira (8), que é preciso adotar medidas contrárias ao reajuste da tarifa de energia elétrica no Pará. Segundo ele, a Centrais Elétricas do Pará (Celpa) impôs um reajuste de 34,4% aos consumidores residenciais e de mais de 36% aos consumidores comerciais. “Precisamos reunir a bancada paraense para resolver esse impasse. Acredito que é possível chegar a um consenso entre a agência reguladora (Aneel), a diretoria da Celpa e os representantes dos consumidores”, ressaltou.

Para o parlamentar, o aumento sobrecarrega especialmente os consumidores residenciais. “É óbvio que as indústrias e o comércio irão repassar esse reajuste para a população, alavancando o preço das mercadorias e dos serviços oferecidos”. Segundo Dudimar Paxiuba, esse reajuste aumentará a inadimplência no estado.  “A sociedade certamente não terá condições de arcar com um custo tão alto. É preciso que concessionário e consumidor cheguem a um denominador comum”, disse.

O deputado afirmou ainda que outro ponto a ser discutido é a qualidade do serviço prestado pela Celpa. Segundo ele, ainda há inúmeras comunidades no Pará que não dispõem de energia elétrica.

Eleições
Dudimar Paxiuba também agradeceu os votos recebidos, especialmente na região oeste do Pará, na cidade de Itaituba. De acordo com ele, durante o seu mandato foram destinados mais de R$ 15 milhões de reais de emendas parlamentares para a região.

O parlamentar afirmou que vai continuar acompanhando e fiscalizando o destino dos recursos públicos, a fim de que eles atendam bem as necessidades da população. “Afinal, o problema não é a falta de recursos, mas os desvios que ocorrem”, destacou.

 

Redação PROS na Câmara

Sem tags