Carimbão convoca Pros para Seminário Programático

O evento promoverá o debate entre os deputados federais, estaduais, prefeitos e vereadores do partido, para apresentar os temas de maior relevância para o Pros junto ao governo federal.

05/06/2014 às 12:00:00 | 193 visualizações

Em discurso no plenário da Câmara, nesta quinta (05), o líder do Pros, Givaldo Carimbão (AL), anunciou a realização de Seminário Nacional Programático, a ser realizado na próxima terça-feira (10), no auditório Freitas Nobre, da Câmara dos Deputados. Carimbão destacou o fato de que o partido, criado recentemente, conta com dois governadores (Ceará e Amazonas), 21 deputados federais, um senador, além de compor junto com o PP a terceira maior bancada da Câmara. O líder ressaltou que “diante dessa representatividade popular, queremos apresentar à presidente Dilma propostas concretas para ajudar os brasileiros. Em quatro eixos principais vamos propor a universalização do acesso à água; redução da carga tributária; capacitação tecnológica da população brasileira e uma nova política sobre drogas para o Brasil.”

Palestrantes
O Seminário terá a participação de dois deputados federais do Pros, Givaldo Carimbão, que falará sobre sua experiência em combate, acolhimento, tratamento e reinserção social dos dependentes de drogas e Ariosto Holanda (CE), que é engenheiro civil e professor universitário, com muita experiência em pesquisas tecnológicas. Seu tema será Capacitação Tecnológica da População Brasileira. Mauro Benevides Filho, secretário da Fazenda do Ceará, falará sobre Incentivos Fiscais e Redução de Impostos para Viabilizar a Produção Nacional e Eduardo Mota (Codevasf) e Adriana Melo Alves (Ministério da Integração Nacional), apresentarão o tema Água para Todos os Brasileiros.

Encontro com a presidente Dilma 
O evento deverá ser finalizado com a formatação de um documento a ser apresentado à presidente Dilma, ainda na terça-feira, em audiência da liderança do Pros no Palácio do Planalto, com os quatro eixos definidos pelo partido para sua atuação junto ao governo federal.

Redação PROS na Câmara

Sem tags