Aline Sleutjes solicita audiência para discutir crise no setor de suínos

“Hoje, temos um prejuízo de 200 a 400 reais por suíno, hoje o produtor paga para trabalhar”, alerta a autora do requerimento, deputada Aline Sleutjes.

08/06/2022 às 15:19:31 | Atualizada em 08/06/2022 às 15:23:04 | 166 visualizações

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR) aprovou, nesta quarta-feira (8), o requerimento da deputada Aline Sleutjes (PR), que solicita audiência pública para discutir medidas para diminuir os prejuízos financeiros enfrentados neste momento na maior crise da suinocultura nacional.

“A importação diminuiu fazendo com que sobre muita carne suína no mercado interno. Nós não temos condições hoje de comprar todo esse excedente, e isso está fazendo com que os nossos produtores tenham que matar suas matrizes ou até vender por preço muito menor do que gastou no custo de produção. Hoje, temos um prejuízo de duzentos a quatrocentos reais por suíno, hoje o produtor paga para trabalhar", alerta.

A deputada explica que os custos de produção elevados e o aumento da oferta de carne suína no mercado têm afetado drasticamente a produção. A cada suíno vendido para o abate, é registrado um prejuízo médio de 200 reais por animal comercializado. Com isso, muitos suinocultores têm abandonado a atividade e, por isso, é esperada queda na produção dos animais em 2023, após dez anos consecutivos de crescimento.

Confira a defesa da deputada durante a votação na comissão:

Redação PROS na Câmara