Toninho Wandscheer avalia que Reformas Tributária e Administrativa devem ser prioridades para 2022

Na opinião do parlamentar, as matérias são essenciais para o Brasil e precisam entrar na pauta de votação da Câmara. Também afirma que a discussão da prisão em segunda instância deve ser retomada e concluída.

08/02/2022 às 13:49:13 | 231 visualizações

O deputado Toninho Wandscheer (PR) acredita que 2022 poderá ser um ano com importantes votações na Câmara dos Deputados. Para o parlamentar, a votação das Reformas Tributária e Administrativa não podem mais ser adiadas. Ele afirma que o Congresso precisa assumir a responsabilidade de aprovar temas tão importantes para o povo brasileiro.

“A Reforma Tributária é um tema que já discutimos muito e ainda não conseguimos levar para votação. O Brasil precisa desta reforma para que possamos pagar menos impostos e produzir mais. Outro tema importante é a Reforma Administrativa. Também foi debatido ano passado, já entrou na pauta, mas é um tema difícil de votar. Mas eu acredito que a Câmara e o Senado precisam assumir essa responsabilidade porque o povo brasileiro precisa ver na nossa atitude pessoas que querem o melhor para o país”, afirma.

Além disso, Wandscheer defende que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 199/19), que prevê o cumprimento da pena após condenação em segunda instância, seja apreciada este ano.

“O Brasil precisa mostrar que a questão da corrupção está diminuindo e para isso precisamos debater e votar essa PEC”, conclui o parlamentar.

Confira o vídeo do parlamentar:

Redação PROS na Câmara