Acácio Favacho relatou importantes matérias e priorizou projetos para combater a Covid-19

O deputado amapaense também assumiu a Secretaria de Comunicação Social da Câmara dos Deputados, defendeu prioridade na vacinação para alguns trabalhadores e priorizou ações para ajudar o Amapá.

03/01/2022 às 14:24:21 | 285 visualizações



Em 2021, O deputado Acácio Favacho (AP) assumiu a Secretaria de Comunicação da Câmara dos Deputados. No cargo, trouxe agilidade na divulgação das notícias, mais democratização no acesso à informação e aproximação entre o Poder Legislativo e a sociedade. Favacho também defendeu prioridade na vacinação contra Covid-19 e priorizou medidas para ajudar o povo amapaense.

O parlamentar foi o relator da MP 1010/20, que isentou o pagamento de energia elétrica aos consumidores atingidos pelo apagão no estado do Amapá ocorrido em 2020. O parecer foi aprovado, em março, pelo Plenário da Câmara dos Deputados.

Também foi o relator da MP 1042/21, que simplificou a gestão de cargos em comissão e de funções de confiança na administração pública federal direta, autárquica e fundacional. Foi designado, em dezembro, relator da Proposta de Emenda à Constituição 32/21, que aumenta de 65 para 70 anos a idade máxima para a nomeação de juízes e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), do Superior Tribunal de Justiça (STJ), dos Tribunais Regionais Federais, do Tribunal Superior do Trabalho, dos Tribunais Regionais do Trabalho e do Tribunal de Contas da União (TCU).

Entre os projetos apresentados, destacam-se os relacionados à vacinação contra Covid-19. O parlamentar defendeu que alguns grupos, como, por exemplo, os rodoviários, metroviários, caminhoneiros, bancários, entre outros, fossem vacinados prioritariamente devido à exposição ao vírus.

O deputado atuou como titular da Comissão de Viação e Transportes (CVT) e como suplente da Comissão Representativa do Parlasul (Mercosul).

Redação PROS na Câmara