Gastão Vieira critica cortes orçamentários na educação

“Nos últimos anos, a educação tem sido um dos setores mais sacrificados pelos cortes do Poder Executivo. Não consigo entender como um país pode cortar tanto dessa área, isso significa falta de prioridade”, afirma o deputado Gastão Vieira.

10/06/2021 às 12:01:55 | 269 visualizações

O deputado Gastão Vieira (MA) criticou, nesta quarta-feira (9), os cortes orçamentários na educação. O ministro da pasta, Milton Ribeiro, esteve em audiência pública na Comissão de Educação para debater o tema.

Para o parlamentar, é lamentável que a educação seja uma das áreas escolhidas pelo governo para sofrer corte no orçamento.

“Nos últimos anos, a educação tem sido um dos setores mais sacrificados pelos cortes do Poder Executivo. Este ano foi terrível, praticamente não teremos bolsas, pesquisas e projetos. Enfim, não consigo entender como um país pode cortar tanto da educação, isso significa falta de prioridade”, afirma o parlamentar.

Durante a audiência pública, os parlamentares reclamaram da fala do ministro que citou como problema orçamentário a destinação de R$ 3,5 bilhões para levar internet gratuita a estudantes de baixa renda e a professores da rede pública de ensino. Outro assunto polêmico, foi a determinação do ministro que na próxima edição do Enem tenha apenas avaliação de conhecimentos técnicos.

“Foi uma manhã de muita tristeza para quem luta pela educação. Eu acho que o ministro não deveria falar mais nada, só sobre os cortes, mas falou sobre uma série de coisas que ele está pretendendo fazer. Se ele não tem dinheiro para fazer o que já vinha sendo feito, ele não vai ter recurso para fazer nenhuma coisa nova”, destaca Gastão Vieira.

O ministro se comprometeu a retornar outras vezes ao colegiado para debater o Plano Nacional de Educação (PNE) e o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

Redação PROS na Câmara