Carla Dickson solicita audiência com ministro da Saúde para debater repasses de 30 milhões do SUS feitos para Sobral

“O gestor local do SUS em Sobral não vem destinando os valores correspondentes. Vem contrariando a legalidade e a finalidade, causando prejuízos enormes aos prestadores de saúde”, explica deputada Carla Dickson, autora do requerimento.

17/03/2021 às 12:21:05 | 215 visualizações

A Comissão de Seguridade Social aprovou, nesta quarta-feira (17), o Requerimento de Informação 24/21, de autoria da deputada Carla Dickson (RN), assinado em conjunto com o líder do PROS, deputado Capitão Wagner (CE). O requerimento solicita informações ao ministro da Saúde sobre repasses de R$ 30 milhões feitos para o gestor local do SUS aos hospitais Santa Casa de Misericórdia Sobral e Hospital do Coração em Sobral, no Ceará

“O gestor local do SUS em Sobral não vem destinando os valores correspondentes. Vem contrariando a legalidade e a finalidade, causando prejuízos enormes aos prestadores de saúde”, explica.

Segundo o requerimento, a Santa Casa de Misericórdia de Sobral e a sua filial, Hospital do Coração, ambos hospitais que atendem a uma população de aproximadamente 1,8 milhão de pessoas, oriundos de 56 municípios, encontram-se em situação de total penúria.

“Encaminhamos o requerimento com o pedido de que, em até 15 dias, o ministro nos forneça esses esclarecimentos", afirma.

Redação PROS na Câmara