Líder do PROS comemora derrubada do veto à regulamentação da profissão de historiador

“É uma vitória, articulamos e entendemos que a regulamentação da profissão é uma luta antiga dos historiadores e de sua principal entidade. É necessária a normatização de uma classe tão importante para a nossa sociedade”, afirma o deputado.

12/08/2020 às 22:39:19 | 249 visualizações

O deputado federal e Líder da Bancada do PROS, Acácio Favacho, informou que o partido foi procurado por historiadores do país que pediam o apoio para que fosse derrubado o Veto 10/20 que efetiva a regulamentação da profissão. O presidente da república, Jair Bolsonaro, vetou integralmente o projeto alegando que o mesmo violaria a Constituição Federal ao restringir o livre exercício profissional. O Congresso Nacional em sessões conjuntas e separadas votaram pela derrubada do veto.

Para o deputado e Líder da Bancada do PROS, Acácio Favacho (AP), é fundamental ter esse reconhecimento e normatização da profissão do Historiador. O parlamentar também teve diálogo com presidente da Associação Nacional dos Professores Universitários de História (ANPUH), Márcia Mota, uma instituição com 60 anos de existência. O parlamentar também conversou com a presidente da ANPUH, sessão do Amapá., Lara de Castro.

“É uma vitória, articulamos e entendemos que a regulamentação da profissão é uma luta antiga dos historiadores e de sua principal entidade. É necessária a normatização de uma classe tão importante para a nossa sociedade”, afirma o deputado.

A orientação pela derrubada do voto foi realizada pelo deputado federal Gastão Vieira (MA). O parlamentar informou que o PROS foi muito demandando por historiadores de todo o país. Gastão Vieira também aproveitou o momento para homenagear o historiador maranhense, Douglas Lima Furtado Filho.

Redação PROS na Câmara