Coronavírus: Após cobranças, Weliton Prado destaca decisão da Aneel em proibir corte de energia por falta de pagamento

“Os trabalhadores e as famílias brasileiras enfrentam uma grande crise por causa do coronavírus e a medida é essencial para garantir energia nesse período de isolamento e de imensa dificuldade”, afirma o deputado federal Weliton Prado.

24/03/2020 às 23:48:35 | 222 visualizações

O deputado federal Weliton Prado (MG) destacou nesta terça-feira (24) a decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de proibir os cortes no fornecimento de energia elétrica motivados por falta de pagamento dos consumidores por 90 dias. O parlamentar explica que o momento não é para cortes de serviços essenciais devido ao estado de calamidade pública que o país está enfrentando.

“Imagina, o absurdo que seria deixar residências e serviços essenciais, como hospitais, sem energia. O nosso país enfrenta uma situação de crise com graves impactos para os trabalhadores devido ao coronavírus”, explica o deputado federal Weliton Prado.

O parlamentar cobra também outras medidas. “Não paramos por aqui, cobramos a mesma medida para que os serviços também de fornecimento de água, internet e telefone não sejam suspensos durante a pandemia”, explica o deputado.

A medida vale por 90 dias, pode ser alterada e foi adotada em razão da crise na economia provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Redação PROS na Câmara