Aprovada homenagem para policial escrivã do Ceará que atuou contra linchamento de torcedores

“Uma policial armada impediu que torcedores fossem agredidos pelos do time rival pouco antes do clássico entre Ceará e Fortaleza. Essa moção é para homenagear essa heroína que em seu dia de folga agiu para salvar vidas”, afirma o deputado federal e autor da moção Capitão Wagner.

13/08/2019 às 16:13:05 | 151 visualizações

A Comissão de Segurança Pública aprovou nesta terça (13) o requerimento 99/19 de autoria do deputado federal Capitão Wagner (CE) que trata de uma moção de louvor para homenagear à escrivã da Polícia Civil do Estado do Ceará, Tárgilla Bié Britto, que agiu de forma imediata ao presenciar um ataque covarde a dois cidadãos. A policial atirou para o alto e salvou pai e filho de espancamento por parte de torcedores rivais, nas proximidades da Arena Castelão, em Fortaleza.

“Infelizmente, é lamentável que esse tipo de situação ainda ocorra nos jogos de futebol. Uma policial armada impediu que torcedores fossem agredidos pelos do time rival pouco antes do clássico entre Ceará e Fortaleza. Parabéns à heroína que mesmo em seu dia de folga agiu para salvar vidas”, afirma o deputado.

Redação PROS na Câmara