Eros Biondini pede urgência para presidente da Câmara para pautar projeto que permite convênios entre União e APACs

O autor do projeto deputado Eros Biondini (MG) explica que o modelo desenvolvido pelas APACs auxilia o Estado tanto na recuperação do preso quanto na economia de gastos públicos.

07/08/2019 às 15:28:24 | Atualizada em 07/08/2019 às 15:46:53 | 159 visualizações


O deputado federal Eros Biondini (MG) nesta quarta-feira (7) durante seu discurso no Plenário pediu apoio para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para pautar com urgência o Projeto de Lei 1685/11 de sua autoria. O PL trata da autorização para a celebração de convênios entre a União e as Associações de Proteção e Assistência aos Condenados (APACs). O parlamentar também elogiou a forma de condução do processo de votação do texto-base da Reforma da Previdência realizada pelo presidente da Casa.

"Gostaria de pedir apoio para colocar em pauta um projeto também de extrema relevância para a sociedade, o que trata dos apoios as APACs que são consideradas um dos melhores modelos prisionais do mundo. O presidente esteve em Nova Lima em Minas Gerais e pode comprovar a qualidade do trabalho que é realizado por essas instituições", afirma o deputado.

Eros Biondini pediu urgência para a pauta devido as notícias recentes de novos massacres e rebeliões ocorridas dentro dos presídios. "Acredito que as APACs podem ser uma grande solução para o caos prisional que estamos vivendo aqui no Brasil. Esse é o meu apelo e da Bancada dos parlamentares de Minas Gerais", explicou o Eros Biondini.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, confirmou seu apoio para votação do projeto devido sua relevância. "Nossa intenção é votar o projeto e as APACs podem ser um modelo de referência para o país", afirmou o presidente da Casa.

Redação PROS na Câmara