Capitão Wagner é escolhido relator da MP 885 que autoriza a venda de bens apreendidos do tráfico

Nesta quarta-feira (10), no Senado Federal, aconteceu a reunião de instalação e eleição dos membros da mesa da Comissão Mista que analisará a Medida Provisória 885/19.

10/07/2019 às 15:19:37 | 436 visualizações

O deputado Capitão Wagner foi indicado nesta quarta (10) para a relatoria da Medida Provisória 885/19, que autoriza o poder público a abrir processo de venda de bens apreendidos do tráfico de drogas. Na ocasião de seu lançamento, no último mês, o ministro Sérgio Moro disse que a MP é tratada com prioridade pelo Governo e que a sua aprovação ampliará os recursos para o combate ao crime organizado no país.

Na reunião de hoje, o relator Capitão Wagner apresentou o plano de trabalho do colegiado que foi aprovado por seus integrantes.

A comissão formada por deputados e senadores ficará responsável por analisar o mérito da matéria, antes da votação nos plenários da Câmara e do Senado. Ela será presidida pelo senador Alessandro Vieira.

Redação PROS na Câmara