Clarissa Garotinho entrega a Jair Bolsonaro proposta de incentivo à adoção no Brasil

A parlamentar explica que o programa “Um Lar para Mim” já foi implementado no Rio de Janeiro e tem como objetivo estimular a adoção de crianças e adolescentes por meio de um auxílio-adoção. “No Brasil, existem cinco vezes mais famílias dispostas a adotar do que crianças para serem adotadas”, disse.

30/05/2019 às 15:22:34 | 391 visualizações


Durante reunião da Bancada Feminina nesta quinta-feira (30) com o presidente da República, Jair Bolsonaro, a deputada Clarissa Garotinho (RJ) entregou em mãos ao presidente proposta de criação a nível federal do programa “Um Lar para Mim”, cujo objetivo é estimular no Brasil a adoção de crianças e adolescentes.

“O programa está em efetividade no estado do Rio de Janeiro e tem como objetivo o incentivo a adoção de crianças acima da faixa etária de 5 anos de idade. No Brasil, existem cinco vezes mais famílias dispostas a adotar do que crianças para serem adotadas. A burocracia emperra também precisamos de um novo olhar para a maiores, que tem chances muito menores de conseguir um novo lar”, afirma a deputada.

A proposta consta do Requerimento de Indicação773/19, de autoria de Clarissa Garotinho, que sugere a criação de um auxílio-adoção para servidores.

De acordo com o programa, famílias que optarem pela adoção de crianças e adolescentes podem receber benefício que varia entre três e cinco salários mínimos, variando de acordo com a faixa etária. O incentivo também seria aplicado para famílias que optarem pela adoção de crianças de zero a cinco anos com deficiência ou doença grave que exija acompanhamento médico permanente.

De acordo com dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), atualmente cerca de nove mil crianças aguardam por adoção em instituições de acolhimento de todo o País, mas apenas 7,3% dos pretendentes à adoção aceitariam crianças com mais de 5 anos. 

A deputada Clarissa Garotinho informou que pretende reunir-se com a secretária nacional da Família, Angela Gandra, para explicar um pouco mais sobre o programa.

Redação PROS na Câmara