Bancada Paranaense se manifesta contra corte orçamentário na UFPR e IFPR

“Educação e saúde são primordiais para o nosso povo. A Bancada é a favor da UFPR, a favor da educação e dos nossos institutos federais. Vamos debater junto ao Governo e discutir uma forma de reverter o bloqueio”, diz Toninho Wandscheer, coordenador da Bancada do Paraná na Câmara.

13/05/2019 às 17:35:27 | 229 visualizações

A Bancada do Paraná na Câmara esteve reunida segunda-feira (13) com o reitor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Ricardo Marcelo Fonseca, e diretores da instituição para discutir o corte de recursos em universidades e nos institutos federais, anunciadas na última semana pelo Governo Federal. Coordenada pelo deputado federal Toninho Wandscheer (PR), a Bancada manifestou apoio à universidade e contra os possíveis cortes orçamentários.

No encontro, estiveram presentes os três senadores do Paraná, Oriovisto Guimarães, Alvaro Dias e Flávio Arns, e os deputados federais Rubens Bueno, Schiavinato, Gustavo Fruet, Luciano Ducci, Sergio Souza, Luizão Goulart, Reinhold Stephanes Junior, Aliel Machado, Chico da Princesa e Leandre.

“A Bancada é a favor da UFPR, a favor da educação, dos nossos institutos federais. Vamos debater junto ao Governo e discutir uma forma de reverter o bloqueio, para que não haja esse corte e esse recurso seja liberado. Não se pode prejudicar a educação do jovem, que precisa estudar e se formar para garantir seu futuro. Seguimos unidos a favor do nosso Estado mais uma vez”, disse Wandscheer.

Para o reitor da UFPR, o corte de 30% inviabilizará o funcionamento da instituição, já no segundo semestre. Nos institutos federais esse corte será ainda maior. Quase 100 mil alunos devem ser prejudicados em todo Estado. O reitor agradeceu o apoio da Bancada e disse que essa soma de esforços e apoio de toda sociedade pode mudar essa situação no país.

Nota Oficial

Líder do PROS, o deputado Toninho Wandscheer publicou na quinta-feira (9) nota oficial do partido em apoio à Educação. “Entre as discussões urgentes entendidas pelo PROS como prioritárias para a agenda de debates do Governo Federal com a sociedade estão o contingenciamento de recursos da Educação e o corte de investimentos em universidades e em pesquisas científicas”, diz a nota.

Confira aqui a nota íntegra

Redação PROS na Câmara