“Vivemos em tempos absurdos! Anac e Senacon trabalham contra os consumidores”, diz Weliton Prado

O deputado federal Weliton Prado (MG) reclama em audiência pública do atendimento dado aos consumidores e da ausência de retorno das reclamações destinadas às agências reguladoras.

10/04/2019 às 13:53:31 | Atualizada em 10/04/2019 às 16:55:39 | 283 visualizações

O deputado federal Weliton Prado (MG), membro titular da Comissão de Defesa do Consumidor (CDC), questionou nesta quarta-feira (10) os representantes da secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça (Senacon) e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) com relação às reclamações dos serviços prestados para os consumidores.

O parlamentar participou de audiência pública que debateu o aumento dos preços das passagens aéreas, o cancelamento de rotas e as aquisições de empresas no mercado da aviação.

“É um absurdo! Fica claro o descaso da Senacon e da Anac com os consumidores. A Anac não reduziu as taxas de passagens como havia se comprometido. Não há e não houve transparência nesse processo. Temos direito a levar 10 kg de bagagem de mão, mas somos obrigados a despachar uma bagagem com peso inferior, por decisão unilateral da companhia. Isso vem acontecendo com diversos consumidores e é muito grave! ”, disse o deputado.

O parlamentar questionou também o uso incorreto dos assentos situados em frente as saídas de emergência dos aviões. “É necessário que as pessoas que ocupem as saídas de emergência estejam aptas a ajudar os passageiros em uma situação de crise. Infelizmente, tenho visto esses assentos sempre vazios, pois ninguém quer pagar um valor a mais”, afirmou Weliton Prado.

A audiência foi encerrada agora pouco mas os parlamentares prometeram novos debates para esclarecer a população sobre os efeitos negativos das medidas adotadas pela Anac.

Redação PROS na Câmara

Sem tags