Na comissão sobre Brumadinho, Eros Biondini faz alerta sobre erros do passado

“É uma condição desagradável pensar nessas tragédias. Possivelmente poderíamos estar vivendo uma situação diferente em Brumadinho”, lamenta o parlamentar que acompanhou o caso da barragem de Mariana.

13/02/2019 às 12:03:14 | 88 visualizações

Após o encerramento dos trabalhos do Plenário da Câmara nesta terça-feira (12), o deputado federal Eros Biondini (MG) participou da reunião da Comissão Externa sobre o desastre de Brumadinho, em Minas Gerais. O parlamentar não é membro da comissão, mas colaborou com a reunião alertando os participantes sobre erros do passado.

“Fiz parte da Comissão Externa sobre a tragédia de Mariana, eu sei muito bem a responsabilidade de cada um, não só para traçarmos as circunstâncias dessa tragédia ocorrida em Brumadinho, mas de já nos anteciparmos a outras situações que ponham em risco a população”, disse.

O parlamentar mineiro lamentou o fato de que alguns requerimentos, incluindo um de sua autoria, não tiveram andamento na comissão.

“Em 2017, apresentei na Comissão de Minas e Energia um ofício pedindo, por causa das constatações em Mariana, uma audiência com urgência para averiguar a situação da barragem de Congonhas, em Minas Gerais, com desdobramentos em Brumadinho. Em 2018, foi aprovado o requerimento, mas a audiência não se concretizou e o ofício foi arquivado”.

O ofício tinha também como desdobramento também a barragem em Brumadinho. “Possivelmente poderíamos ter feito um alerta e nos colocar em uma situação diferente do que essa que estamos vivendo hoje em Brumadinho”.

Redação PROS na Câmara

Sem tags