Em clima de união, Bancada paranaense define emendas ao Orçamento

A Bancada recebeu governadores na Câmara dos Deputados para definir a agenda orçamentária para o estado.

31/10/2018 às 12:18


A Bancada paranaense esteve reunida nesta quarta-feira (31) na Câmara dos Deputados para definição de emendas que serão propostas ao Orçamento de 2019. O governador eleito Ratinho Junior (PSD) e a governadora do Estado, Cida Borghetti (PP), estiveram presentes e contribuíram na definição dos próximos investimos.

O deputado federal Toninho Wandscheer (PROS), coordenador da Bancada, explica que a reunião serviu para unir forças na escolha de uma agenda prioritária para o Paraná.

“Os parlamentares concordaram em aumentar o investimento para a segurança pública, atendendo um projeto do governador. A Bancada também manterá fortes investimentos nas áreas da saúde e da educação, além do mínimo Constitucional. Conseguimos já os consórcios do SAMU, tão necessários para os municípios paranaenses”, disse Wandscheer.

Pela lei, as bancadas podem indicar R$ 169,6 milhões em até seis emendas de execução obrigatória, as chamadas emendas impositivas. Entre essas, pelo menos uma deve ser destinada à educação, uma à saúde e uma à segurança pública. Além disso, cada um dos 30 parlamentares paranaenses poderá apresentar até R$ 15,4 milhões em emendas individuais. Metade dessas irá para a saúde, seguindo divisão estabelecida na Constituição.

“Até o final da Legislatura, seguiremos conversando nesse clima de união. Também informaremos, em seguida, os valores e as ações que executaremos para atender a população”, afirmou Wandscheer.

Redação/PROS na Câmara