Weliton Prado critica governo Temer e pede redução de impostos

“É uma covardia a tributação no nosso país! É a arrecadação mais fácil para o governo”, disse o parlamentar.

29/05/2018 às 18:04


Em discurso nesta terça-feira (29) no Plenário da Câmara, o deputado Weliton Prado (PROS-MG) criticou o presidente da República, Michel Temer, sobre a negociação para cessar a greve dos caminhoneiros e baixar o valor do preço dos combustíveis.

“Gostaria de fazer um apelo ao presidente da República. Ele tem que entender o recado que vem das ruas. E não é só combustível. É muito mais amplo. A população está revoltadíssima com o Congresso Nacional, com esta Casa e com o sistema político”, afirmou Weliton Prado.

Constituinte

O deputado também disse ser favorável a uma nova constituinte.

“Eu defendo uma constituinte exclusiva para a Reforma Política e quem fizer parte dela seja proibido de se candidatar na eleição seguinte para não advogarmos em causa própria. Mas o governo deve dar uma resposta. A população brasileira e os caminhoneiros não aceitaram esse acordo de reduzir 0,46 centavos no diesel por 60 dias. Não é isso que o povo quer”, disse.  

Reforma tributária

Seguindo o posicionamento da Bancada, o parlamentar também defendeu uma ampla reforma tributária. “Temos que rever esse sistema da carga tributária que, nos moldes de hoje, é muito injusta, tributando principalmente o consumo, as pessoas mais pobres e os serviços essenciais. É uma covardia a tributação no nosso país! É a arrecadação mais fácil para o governo. Ao invés de buscar os bancos, as grandes fortunas, o governo sacrifica os trabalhadores, os servidores e os mais pobres”, declarou.

 

Redação/PROS na Câmara