Toninho Wandscheer questiona fim de financiamentos no programa Minha Casa Minha Vida

O pedido de novas informações à CEF foi aprovado por unanimidade.

31/05/2017 às 12:21:00 | Atualizada em 31/05/2017 às 14:11:00 | 125 visualizações

O deputado Toninho Wandscheer (Pros-PR) sugeriu nesta quarta-feira (31), na Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara, mudanças no Requerimento 155/17, de autoria do deputado Hildo Rocha (PMDB-MA), que solicita informações ao presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Otoch, sobre os empreendimentos habitacionais do Programa Minha Casa.

O pedido do deputado Toninho foi no sentido de que a solicitação a Gilberto Otoch aborde também temas relacionados à construção de casas geminadas e ao financiamento de imóveis para pessoas físicas em todo País.

“Eles querem proibir a construção de casas geminadas no Brasil e o financiamento de pessoas físicas. Tirar o investimento das pessoas físicas no momento que o Brasil está precisando de dinheiro para fazer casas populares do MCMV é um erro”, comentou Wandscheer.

Aprovada solicitação

A solicitação de Wandscheer foi aprovada por unanimidade e incluído ao Requerimento 155/17.

O autor do requerimento questiona o risco de não continuidade do programa e, por esse motivo, solicita informações à CEF sobre o motivo para a paralisação de obras.

“O Maranhão possui um dos maiores déficits habitacionais entre os estados da federação, consequentemente, o risco de não continuidade desses empreendimentos será um prejuízo à todas as famílias que ainda não conseguiram concretizar o sonho da casa própria”, disse Rocha.

 

 

Redação PROS na Câmara

Sem tags