Deputado Toninho Wandscheer integra na Câmara a Frente Parlamentar Armas pela Vida

Os parlamentares são favoráveis à alteração do Estatuto do Desarmamento.

16/05/2017 às 11:47:00 | 60 visualizações

O deputado federal Toninho Wandscheer confirmou na quarta-feira (10) a sua adesão à Frente Parlamentar Armas Pela Vida, na Câmara dos Deputados. O objetivo é mobilizar o Parlamento para modificar o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03), especialmente os dispositivos sobre a autorização para posse de arma de fogo.

“Muitas armas entregues pelos cidadãos de bem ao Estado está agora nas mãos de bandidos. Se o governo não nos defender, teremos a possibilidade de termos uma arma legal dentro da nossa casa. Vamos mudar o Estatuto e fazer com que o cidadão de bem seja respeitado nesse País”, afirmou Wandscheer.

Parlamentares estão coletando assinaturas para a criação da Frente, que deverá ter dada oficial de lançamento na Casa após atingir o número de assinaturas necessárias.

“O que o governo fez? Desarmou aquele cidadão de bem, que entregou sua arma de forma tranquila, pois pensava que assim os bandidos seriam presos e as armas seriam retiradas deles. O que não aconteceu”, disse Wandscheer.

Revogação do Estatuto

Os parlamentares da Frente acompanham de perto a tramitação do Projeto de Lei 3722/12, do deputado Rogério Peninha Mendonça, que altera o Estatuto do Desarmamento para dar possibilidade ao cidadão, desde que cumprido os requisitos em lei, de ter a posse de arma de fogo.

O deputado Toninho Wandscheer argumenta que o Estado falhou. “Quando o Estado retira a arma do cidadão de bem e deixa na mão de bandido, ele não cumpriu com a sua missão. Quando você desarma a sociedade, deve desarmar, primeiramente, os bandidos”, disse.

De acordo com Mendonça, que organiza o apoiamento à frente, ainda faltam 03 assinaturas para completar o número mínimo de 171 assinaturas para a formação da Frente na Câmara.

Redação PROS na Câmara

Sem tags