ESPECIAL PREVIDÊNCIA: Eros Biondini diz que texto da reforma da previdência fere direitos dos trabalhadores

Confira a opinião de cada deputado da Bancada Federal do PROS.

13/03/2017 às 18:22:00 | 79 visualizações

Após participar de sucessivas reuniões e debates sobre o tema da Reforma da Previdência, o líder do Pros na Câmara, deputado Eros Biondini (MG), decidiu encaminhar orientação na reunião da Bancada, na quarta-feira (8), para a rejeição do texto constante da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/16, que trata da Reforma da Previdência.

De acordo com o líder, o texto fere direitos dos trabalhadores. “Temos promovido várias reuniões com diversos segmentos para discutir os termos da reforma. Unanimemente, a Bancada não concorda com o texto vindo do governo. Temos, hoje, não só um posicionamento individual, mas como Bancada”, disse Biondini, membro titular da Comissão Especial.

Para Biondini, alguns pontos merecem destaque nesse debate com a sociedade, entre eles as novas regras de idade mínima; a proposta de paridade entre homem e mulher; a definição do tempo de contribuição; e as novas regras de transição. “Acreditamos que esses pontos podem ser melhorados, sem prejudicar os que mais precisam, ou seja, trabalhadores rurais e pensionistas”, disse.

Fundação da Ordem Social (FOS)

Na quarta-feira (22), Eros Biondini participou de debate na sede do PROS, em Brasília, em que  defendeu ampliar o debate da proposta com a sociedade. O evento, promovido pela Fundação da Ordem Social (FOS), contou com participação de entidades representativas do setor, que apresentaram ideias para emendas ao texto enviado pelo governo federal.

“Queremos um tempo maior para discutir e para construir um posicionamento sério sobre a proposta de reforma, até mesmo para que possamos propor novas mudanças por meio de emendas”, defendeu o parlamentar.

Redação PROS na Câmara

Sem tags