Deputado Ronaldo Fonseca nega intenção de assumir articulação política do governo Temer

O cargo é de Ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República.

29/11/2016 às 10:36:00 | 40 visualizações

O deputado Ronaldo Fonseca (DF), líder do Pros na Câmara, negou nesta terça-feira (29) os rumores de que teria sido “sondado” para assumir a Secretaria de Governo da Presidência da República. O cargo está vago desde sexta-feira (25) após a saída de Geddel Vieira Lima.

Ronaldo Fonseca diz preencher os requisitos para o cargo, mas que não há intenção, neste momento, de seguir no comando da articulação política do Governo Federal. “Não fui sondado para assumir qualquer cargo, mas fico lisonjeado que o tenham mencionado e relacionado ao meu nome. O assunto foi apenas ‘ventilado’. A população certamente espera que a escolha recaia em um político honesto, ficha limpa e que possa dar prosseguimento às reformas que tanto o país necessita”, disse Fonseca.

Em entrevista coletiva neste domingo (27), o presidente da República, Michel Temer, criticou a tentativa, por um grupo de deputados, de anistiar junto à aprovação das Medidas de Combate à Corrupção crimes caracterizados como caixa dois eleitoral. Temer estava acompanhado dos presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado Federal, Renan Calheiros. Todos declararam que não irão patrocinar nenhuma tentativa de anistia ao crime de caixa dois.

Na oportunidade, Temer disse que está “examinando com muito cuidado” o perfil de quem irá assumir o cargo, o qual deverá ser preenchido por alguém com “lisura absoluta e bom trânsito no Congresso Nacional”.

 

Redação PROS na Câmara

Sem tags