Odorico Monteiro participa de mobilização pela permanência da usina de Quixadá no Ceará

Assista, abaixo, ao pronunciamento do parlamentar sobre o assunto no Plenário da Câmara.

01/11/2016 às 12:59:00 | 29 visualizações

 

No início do mês, em comunicado à imprensa, a Petrobras decidiu encerrar as atividades da usina produtora de biodiesel em Quixadá, no Ceará, na data de hoje (1º). A empresa alega que o setor não está gerando lucros, notícia comunicada à imprensa no mês passado.

O deputado federal Odorico Monteiro (Pros-CE) participou, na manhã desta terça-feira (1º), de mobilização em prol da permanência da usina no estado. “Nos unimos para pedir que ela não seja fechada, que ela se mantenha em funcionamento e ainda cumpra todos os contratos com as empresas e trabalhadores que dela dependem. Há algum tempo a Petrobrás anunciou esta medida que, se for realizada, afetará milhares de famílias e a economia da região”, disse Monteiro.

A unidade de Quixadá foi inaugurada em agosto de 2008 com investimento de R$ 76 milhões. Aproximadamente 9 mil agricultores familiares faziam parte do programa de suprimento agrícola para produção da mamona, matéria-prima da usina. A capacidade da fábrica é 108,6 milhões de litros de biocombustível por ano.

A manifestação contou com importantes adesões de políticos e autoridades locais, além de entidades da sociedade civil.

“Foi uma manifestação muito importante que contou com as presenças do prefeito eleito, Ilário Marques, o prefeito em exercício, Welington Xavier, a deputada estadual Rachel Marques, além de vereadores e moradores da comunidade do Distrito de Justama. Compareceram, ainda, representantes da Fetraece, Sindpetro, MTS e outros sindicatos”, afirmou Monteiro.

  

  

Com informações da assessoria de imprensa do parlamentar.

Redação PROS na Câmara

Sem tags