Toninho Wandscheer defende normas rígidas na regulamentação do transporte de cargas

No último domingo (3), um trágico acidente no Paraná mobilizou nova discussão sobre como enfrentar a violência no trânsito.

06/07/2016 às 20:09:00 | 283 visualizações

Presidente da Comissão Especial do Transporte Rodoviário de Cargas na Câmara (PL 4860/16), o deputado Toninho Wandscheer (Pros-PR) mostrou preocupação com o crescente número de acidentes nas rodovias do País, especialmente do Paraná.

No último domingo (3), um trágico acidente no Paraná mobilizou nova discussão sobre como enfrentar a violência no trânsito, em especial, nas rodovias as quais recebem grande fluxo de transporte de cargas.

“O trágico acidente, ocorrido no último domingo em Morretes (PR), no trecho de descida da Serra do Mar, levanta a discussão de como estão as nossas estradas e a imprudência no trânsito – um caminhão que seguia no sentido Paranaguá ficou desgovernado, tombou no quilômetro 33 da BR-277, causando explosão da carga e atingindo 12 veículos. Seis pessoas morreram”, disse o deputado.

De acordo com Toninho, a comissão deve avançar as discussões sobre um marco regulatório do setor. “É hora de agirmos no sentido de prevenirmos fatalidades como essa, como, por exemplo, exigir a implantação de área de escape em rodovias. Não podemos esperar para agir. A prevenção tem que ser uma luta de todos”, afirmou Toninho.

Marco Regulatório

A Comissão pretende instituir novas normas para regulação do transporte. “Uma das nossas propostas é que não poderá circular caminhão com mais de 10 anos de uso, no transporte de cargas perigosas. A retirada é necessária para reduzir a poluição e também os acidentes de trânsito. Medida que vão impactar no bem-estar de motoristas e usuários das rodovias, melhorando o trânsito e o trabalho seguro nas estradas brasileiras”, explicou o deputado.

Para Toninho, a sociedade é peça fundamental na construção do marco regulatório.  “Tanto a questão dos pedágios, assunto que temos discutido em Brasília, como o transporte rodoviário de cargas, são instrumentos com os quais a sociedade precisa interagir e contribuir, participando ativamente da discussão, ajudando com ideias que possam garantir maior segurança nas estradas e rodovias”, comentou Toninho.

Redação PROS na Câmara

Sem tags