Bancada Paranaense solicita que programas de saúde cheguem à Macrorregião Oeste

A região poderá ser credenciada para atendimentos na Rede de Atenção às Urgências do Sistema Único de Saúde (SUS) e na Rede Cegonha.

14/06/2016 às 16:55:00 | 359 visualizações

A Macrorregião Oeste do Paraná poderá ser credenciada para atendimentos na Rede de Atenção às Urgências do Sistema Único de Saúde (SUS) e na Rede Cegonha.

O pedido foi assinado pelos parlamentares da Bancada do Paraná na Câmara e apresentado em Brasília pelo deputado federal Toninho Wandscheer (Pros-PR), coordenador da bancada na Casa, o qual esteve em audiências com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, nas últimas semanas.

“Essa foi uma solicitação que a deputada federal Leandre (PV-PR) trouxe para a bancada e que nós levamos até o ministro. A Macrorregião Oeste é a única rede no estado do Paraná que conta com parecer técnico favorável concluído para receber a habilitação”, disse Toninho.

Segundo o líder da bancada, o ministro Ricardo Barros se comprometeu em ajudar o Paraná, destacando a importância do credenciamento na Câmara dos Deputados. Medida esta, que deverá beneficiar milhares de paranaenses.

Programas

A Rede Cegonha é um programa nacional que amplia os recursos para procedimentos do pré-natal e atendimento de gestantes. Já a rede de atenção às urgências do Sistema Único de Saúde (SUS) se organiza a partir das necessidades e vulnerabilidades da população, e tem como objetivo ampliar o acesso e melhorar a qualidade da atenção à saúde no SUS.

Macrorregião Oeste

Mais de 50 cidades paranaenses fazem parte da macrorregião oeste. São elas: Anahy, Assis Chateaubriand, Boa Vista da Aparecida, Braganey, Cafelândia, Campo Bonito, Capitão Leônidas Marques, Cascavel, Catanduvas, Céu Azul, Corbélia, Diamante do Sul, Diamante D’Oeste, Entre Rios do Oeste, Formosa do Oeste, Foz do Iguaçu, Guaíra, Guaraniaçu, Ibema, Iguatu, Iracema do Oeste, Itaipulândia, Jesuítas, Lindoeste, Marechal Cândido Rondon, Maripá, Matelândia, Medianeira, Mercedes, Missal, Nova Aurora, Nova Santa Rosa, Ouro Verde do Oeste, Palotina, Pato Bragado,  Quatro Pontes, Ramilândia, Santa Helena, Santa Lúcia, Santa Tereza do Oeste, Santa Terezinha de Itaipu, São José das Palmeiras, São Miguel do Iguaçu, São Pedro do Iguaçu, Serranópolis do Iguaçu, Terra Roxa, Toledo, Três Barras do Paraná, Tupãssi e Vera Cruz do Oeste.

Fonte: assessoria de imprensa do parlamentar. 

Redação PROS na Câmara

Sem tags