Bancada paranaense defende reaproximação com novo comando do Planalto

Coordenada pelo deputado Toninho Wandscheer (Pros-PR), a Bancada do Paraná na Câmara dos Deputados decidiu apostar na reaproximação política com o atual governo federal.

16/05/2016 às 11:34:00 | 229 visualizações

Coordenada pelo deputado Toninho Wandscheer (Pros-PR), a Bancada do Paraná na Câmara dos Deputados decidiu apostar na reaproximação política com o atual governo federal, comandado pelo presidente da República interino, Michel Temer.

A reaproximação, segundo Wandscheer, se dará principalmente por meio do diálogo. “Acho que o relacionamento com a União será melhor. Michel Temer tem uma facilidade maior de diálogo”, afirmou.

Temer assumiu na quinta-feira (12) a Presidência da República após a Câmara autorizar e o Senado aceitar o processo de impeachment, por crime de responsabilidade, que culminou com o afastamento, por 180 dias, de Dilma Rousseff do cargo. Na época, a bancada paranaense havia decidido, por 26 votos favoráveis e quatro contrários e sem abstenções ou faltas, pela admissibilidade do processo na Câmara.  O Senado agora julgará o mérito do processo, que poderá condenar Dilma, resultando na perda do mandato e inelegibilidade por oito anos.

De acordo com Wandscheer, a bancada pretende, nos próximos dias, apresentar um plano de trabalho, além de demandas consideradas emergenciais por seus membros. “Entre as principais pautas estão as obras paradas. Em balanço parcial, com base em dados do Tribunal de Contas do Estado (TCE), temos quase R$ 400 milhões investidos em construções, cujas obras não chegaram ao fim. Isso é terrível, interfere diretamente na vida dos municípios, onde ficam esses canteiros de obras”, disse Wandscheer.

Com informações da assessoria do parlamentar. 

Redação PROS na Câmara

Sem tags