Odorico Monteiro debate racismo institucional em comissão geral

Segundo o parlamentar, dentro dos eventos que marcam a luta pela eliminação da discriminação, é importante ressaltar o racismo institucional

23/03/2016 às 16:12:00 | 226 visualizações

Durante participação na Comissão Geral da Câmara, na última terça-feira (22), na qual se homenageou o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial (21/03), o deputado Odorico Monteiro (Pros-CE) cobrou das autoridades iniciativas que ressaltem as atuais políticas públicas para a população negra. Na oportunidade, o congressista debateu ainda sobre o crescente racismo institucional em nossa sociedade.

Segundo o parlamentar, dentro dos eventos que marcam a luta pela eliminação da discriminação, é importante ressaltar o racismo institucional. “É um grande desafio a ser enfrentado pelo Brasil. O enfretamento ao racismo institucional é de fundamental importância, no cotidiano da saúde pública do País. O sofrimento da população negra não se restringe a casos de discriminação social, mas também pela questão do racismo institucional”, disse Odorico.

Nesse contexto, Odorico criticou ainda a falta de difusão e uma correta divulgação de políticas públicas que valorizem a saúde da população negra. “Devemos difundir essas políticas públicas para negros para que os estados e municípios comecem a aplicá-las”, ressaltou.

Para finalizar, o parlamentar lembrou o dia de combate ao racismo institucional, em 18 de abril, e convidou todos os parlamentares presentes a apoiar iniciativas que ajudem na luta contra a discriminação e o racismo no País.

O Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial (21/03) foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) em memória das pessoas que morreram no chamado "massacre de Sharpeville", em Joanesburgo, na África do Sul, em 1960, durante o regime do apartheid. Na ocasião, morreram 69 pessoas e 180 ficaram feridas.

Redação PROS na Câmara

Sem tags